Página Inicial / Assitência Social / SAÚDE DO ES: vai promover a testagem ampliada em pessoas acima de 45 anos

SAÚDE DO ES: vai promover a testagem ampliada em pessoas acima de 45 anos

 

A Secretaria da Saúde (Sesa) vai promover a ampliação da testagem da população a partir de maio. A iniciativa, que vai começar pela Grande Vitória, prevê a testagem da Covid-19 em pacientes com mais de 45 anos que apresentem febre e tenham comorbidades (como diabetes, hipertensão e obesidade, por exemplo). 

Atualmente, conforme a Nota Técnica Covid-19 N° 23/2020, a indicação de testagem é para hospitalizados com sintomas respiratórios, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança, idosos em instituições de longa permanência, grávidas e privados de liberdade. 

Conforme o protocolo da testagem ampliada, que está em elaboração pela Sesa, no ato da consulta médica o paciente com mais de 45 anos, com febre há mais de sete dias e que tenha comorbidades, receberá a indicação de testagem rápida; já se apresentar sintomas entre quatro e sete dias, será indicado para fazer o PCR. 

“Escolhemos esse perfil da população observando que 84% dos pacientes em leitos de terapia intensiva tem acima de 45 anos. A característica comum entre eles é a idade, febre e comorbidade. Em um estudo feito com sete mil notificações, observou-se que cinco mil estavam dentro dessa faixa etária”, considerou o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes. 

Ainda de acordo com o secretário, o objetivo da ação é garantir o diagnóstico precoce visando a internação em tempo oportuno sem que o paciente esteja muito grave. “Se a Covid-19 não é diagnosticada cedo e há um agravamento do quadro, o risco para o paciente é maior. Se a doença é logo identificada, observa-se a evolução da doença e a pessoa pode ser assistida em um leito de enfermaria e não chegar a uma unidade de terapia intensiva”. 

A testagem ampliada é possível porque Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen) está em condições para o processamento de testes. Atualmente é analisada uma média de 400 amostras/dia, mas existe a capacidade de aumento da análise para até 1.200. 

A testagem ampliada no interior do Estado dependerá da pactuação com os municípios. Os testes rápidos serão distribuídos gradativamente pela Sesa.

 

 

Você pode Gostar de:

20/10 AGORA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA: PF cumpre 77ª Fase da Operação Lava Jato

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (20/10), em ação conjunta com o Ministério …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *