Página Inicial / Geral / RS: Hemocentro do Estado precisa de doação de todos os tipos de sangue

RS: Hemocentro do Estado precisa de doação de todos os tipos de sangue

O Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul (Hemorgs) está com baixo estoque de sangue e pede doações de todos os tipos sanguíneos. Para garantir a segurança dos doares em tempos de pandemia da Covid-19, a equipe de profissionais segue todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e demais órgãos sanitários competentes, explica a assistente social Roberta Fabiana Abbad, do setor de captação do Hemocentro. “Estamos atendendo com total segurança”, reforça.

Apenas três pessoas por vez acessam o espaço interno, para evitar contatos físicos e aglomerações. As demais pessoas aguardam na área externa. O atendimento é realizado, preferencialmente, com pré-agendamentos por telefone ou WhatsApp, pelos números (51) 98405-4260 ou (51) 3336-6755, ramal 102. “Também estamos atendendo a demanda espontânea, mas sugerimos que liguem ou mandem mensagem primeiro, para termos um parâmetro do número de pessoas que estarão aqui e podermos nos organizar melhor”, pede a assistente social.

“Precisamos estar abastecidos para atender à demanda de sangue de 42 hospitais do Estado, incluindo aqueles que prestam serviços de traumatologia. Acidentes não têm hora para acontecer”, diz Roberta.

O Hemocentro se localiza na avenida Bento Gonçalves, 3.722, junto ao Hospital Sanatório Partenon. As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, sem fechar ao meio-dia.

O que é preciso para doar

• Estar em boas condições de saúde.
• Apresentar documento oficial de identidade com foto.
• Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou por responsável legal.
• Pesar no mínimo 50 quilos com desconto de vestimentas.
• O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos.
• Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa.
• Ter dormido pelo menos seis horas antes da doação.
• Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação.
• Não fumar pelo menos duas horas antes da doação.

Impedimentos temporários

• Gripe ou febre.
• Gestantes ou mães que amamentam bebes com menos de 12 meses.
• Até 90 dias após aborto ou parto normal e até 180 dias após cesariana.
• Tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses.
• Exposição à situação de risco para a aids (múltiplos parceiros sexuais, ter parceiros usuários de drogas).
• Herpes labial.

Outros critérios que impedem doação são verificados na entrevista de triagem.

Fonte/Arte: Assessoria do Governo

 

Você pode Gostar de:

Bolsonaro fará cirurgia nesta sexta(25)

O presidente Jair Bolsonaro fará, amanhã (25), uma cirurgia no Hospital Albert Einstein, em São …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *