Página Inicial / Fiscalização / PF investiga fraude em compras de máscaras cirúrgicas

PF investiga fraude em compras de máscaras cirúrgicas

Campo Grande/MS – A Polícia Federal deflagrou no dia (4/6) a Operação TNT, com o objetivo de investigar pregão eletrônico promovido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), para aquisição de máscaras cirúrgicas, no Mato Grosso do Sul.

Uma equipe de 20 policiais federais deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão, em Campo Grande/MS. As medidas judiciais foram expedidas pela 3º Vara Federal de Campo Grande/MS, através de Inquérito Policial instaurado pela PF.

Após ser informada pela PRF, a PF iniciou investigação para apurar suposta fraude na licitação e possível crime contra a economia popular, em cotação eletrônica efetuada pelo Órgão, ao perceber os preços muito acima do mercado oferecidos pelas empresas participantes do certame.

O pregão é destinado à aquisição de materiais de higienização e prevenção à COVID-19, sendo que as empresas que se habilitaram são de SP, MG, e RJ. A PRF pretendia adquirir 100 mil unidades de máscaras cirúrgicas, com características específicas.

Porém, com o resultado da classificação dos fornecedores, cinco empresas apresentaram preços aparentemente abusivos, se comparados com o valor de referência. Máscaras que eram comercializadas por R$ 0,12 centavos a unidade foram oferecidas por até R$ 20,00 a unidade.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul Foto: Arquivo

 

Você pode Gostar de:

Procon multa Enel em R$ 10,2 milhões por problemas em contas de luz

O Procon de São Paulo multou em R$ 10,2 milhões a concessionária de energia Enel. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *