Página Inicial / Geral / PF investiga explosão e roubo a agências bancárias

PF investiga explosão e roubo a agências bancárias

Na quinta-feira, 21/5, a Polícia Federal, em conjunto com as Polícias Civil e Militar de Minas Gerais, deflagrou a Operação RAPINA, para combater roubo qualificado pelo uso de artefato explosivo, disparo de arma de fogo em via pública e associação criminosa.

 

Na madrugada de 3/4/2020, assaltantes explodiram agências dos Bancos Bradesco e Caixa Econômica Federal, em Elói Mendes, causando consideráveis danos às instalações, e efetuaram inúmeros disparos de armas de fogo na via pública. Após a fuga, os bandidos abandonaram e incendiaram o veículo utilizado na ação criminosa.

 

Com o avanço das investigações, a Polícia Federal representou por seis mandados de busca e apreensão, que foram expedidos pela Justiça Federal de Varginha e cumpridos hoje nos municípios mineiros de Belo Horizonte, Elói Mendes, Cordislândia e Divinópolis.

 

Os crimes apurados têm penas que, somadas, podem chegar a 16 anos de reclusão.

 

O nome da Operação faz referência ao termo rapinar, cujo significado é roubar ou subtrair, especialmente com emprego de violência.

 

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o estado democrático de direito.

 

Haverá coletiva de imprensa, às 10h45, na sede da Delegacia Regional de Polícia Federal em Varginha (Av. Princesa do Sul, nº 1600, bairro Rezende).

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal em Varginha/MG Foto:Arquivo

Você pode Gostar de:

HOJE(29) PF: desarticula organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas

Porto Velho/RO – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (29/5) a denominada OPERAÇÃO QUINTO, com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *