Página Inicial / Geral / PF desarticula grupo criminoso responsável por roubos de cargas postais de caminhões dos Correios

PF desarticula grupo criminoso responsável por roubos de cargas postais de caminhões dos Correios

Imperatriz/MA – A Policia Federal deflagrou na manhã (20/8), nas cidades de Imperatriz/MA, Açailândia/MA e São Luís/MA, a Operação “POSTAGEM NOTURNA” com a finalidade de reprimir organização criminosa voltada para a prática reiterada de roubo de carga postal transportadas em caminhões da Empresa de Correios e Telégrafos – ECT.

 Cerca de 70 policiais federais deram cumprimento a 13 mandados de prisão temporária e 13 mandados de busca e apreensão, tendo as ordens judiciais sido expedidas pela 1ª Vara Federal Cível e Criminal da SSJ de Imperatriz-MA. Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos aproximadamente 2kg de cocaína e 10kg de maconha.

As investigações foram iniciadas após trabalhos de inteligência que identificaram a atuação de grupo criminoso na Região Tocantina. A PF apurou que a organização criminosa contou com o apoio de diversos comparsas, os quais eram divididos, informalmente, em grupos de executores diretos dos roubos e indivíduos responsáveis por prestar apoio logístico ao bando, com o fornecimento de armas de fogo e veículos automotores a serem utilizados nas ações.

 O modus operandi dos criminosos consistia basicamente em abordar motoristas dos caminhões dos Correios rendendo-os dentro da cabine dos veículos durante todo o tempo do crime, a fim de dificultar o reconhecimento dos participantes da ação. Dezenas de assaltos aos caminhões dos Correios investigados por meio desta operação ocorreram entre dezembro de 2019 a junho de 2020, em sua maioria, no período noturno, em estradas vicinais localizadas nas proximidades das rodovias federais BR 010 e BR 222, no trecho localizado entre os municípios de Santa Inês e Imperatriz, bem como em povoados localizados nas proximidades de Açailândia, trajeto onde o fluxo de veículos é bastante reduzido.

Com as medidas judiciais cumpridas nesta data, a Polícia Federal espera identificar outros indivíduos que tenham participação nos crimes apurados, bem como recuperar objetos roubados nas ações criminosas.

Os investigados poderão responder pelos crimes de organização criminosa (Art. 2°, da Lei n° 12.850/13), roubo circunstanciado (Art. 157, §2º, incisos II e V e § 2°-A, inciso I, do Código Penal), além de outros crimes conexos.

Fonte/Comunicação Social da Polícia Federal no Maranhão

 

Você pode Gostar de:

CASAGRANDE COMEMORA: ES conquista 5º lugar no Ranking de Competitividade dos Estados

Único Estado Nota A em gestão fiscal desde 2012 pelo Tesouro Nacional e com o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *