Página Inicial / Geral / PCES prende suspeito de esquartejar e matar a companheira no RJ

PCES prende suspeito de esquartejar e matar a companheira no RJ

A equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Domingos Martins efetuou, na manhã da segunda-feira (09), a prisão de um foragido da Justiça do Estado do Rio de Janeiro. O homem de 42 anos é investigado pelo feminicídio de sua companheira, ocorrido em setembro de 2019 , no município de Miracema (RJ). O mandado de prisão foi cumprido em um apartamento, no Centro do município.  

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, o detido tem um perfil bem perverso. “Ele cometeu um crime bárbaro no Rio de Janeiro, ele esquartejou e matou a companheira, enterrou o corpo e, quando soube que poderia ser descoberto, ele levou o corpo para outro local e fugiu. Isso quer dizer que ele tem uma perversidade e uma crueldade nesse tipo de crime”, relatou.

O delegado-geral informou ainda que ele é soropositivo e é suspeito de cometer diversos crimes no estado vizinho, como sequestro, estupro de vulnerável, ameaças e transmissão de moléstia grave. “A partir do momento em que o feminicídio que ele cometeu ganhou repercussão, começaram a surgir novas denúncias de outros crimes que ele teria cometido”, disse.

De acordo com o titular da DP de Domingos Martins, delegado Geraldo Peçanha, o homem não resistiu à prisão. “Na manhã de hoje (segunda, 09), nós recebemos uma ligação na delegacia informando que ele estaria escondido no município. Diante disso, nós fomos até o local, juntamente com uma equipe da Polícia Militar, e conseguimos localizar o suspeito escondido em um apartamento juntamente com uma mulher”, informou.

 

Ao ser conduzido até a delegacia, o homem se limitou a dizer que estava morando no local há uma semana e que veio para o Estado pegando carona na estrada. “Outras informações ele disse que só falaria em juízo. Como ele é soropositivo, agora ele passará a ser investigado aqui também, pois vamos apurar se ele também estava com a intenção de contagiar outras pessoas aqui no Estado. Ainda esta semana, nós vamos ouvir a mulher que estava com ele no momento da prisão, para saber mais detalhes”, adiantou o delegado.

 

Após ser ouvido, o suspeito foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV) e está à disposição da Justiça do Rio de Janeiro.

O crime

A mulher de 27 anos desapareceu no dia 03 de setembro de 2019 e o corpo dela foi encontrado enterrado e esquartejado no dia 25 de outubro, no estado de Minas Gerais.

De acordo com informações da Polícia Civil de Miracema, a vítima era ameaçada pelo suspeito, obrigada a comer fezes e a assistir a vídeos em que o companheiro mantinha relações sexuais com outras mulheres.  

“Após saber que o caso tinha tomado repercussão, e com medo de ser descoberto, o suspeito pediu ajuda de um jovem com problemas psiquiátricos, desenterrou os restos mortais da vítima e colocou em outro local. Ao fazer uma busca na residência da vítima, os policiais encontraram um pano sujo de sangue e alguns maços de cabelo”, contou o titular da DP, delegado Geraldo Peçanha.

 

 

Você pode Gostar de:

COVID19: dicas de alimentação no período do isolamento social

No período em que boa parte das pessoas está em isolamento social, com objetivo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *