Página Inicial / Geral / PC prende suspeitos de matarem metalúrgico em Cariacica

PC prende suspeitos de matarem metalúrgico em Cariacica

Policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cariacica prenderam um homem, de 19 anos, e outro de 32 anos, apontados como suspeitos de assassinarem um metalúrgico de 57 anos. O corpo da vítima foi localizado na região de Roda D´água, no dia 20 de fevereiro deste ano, no município.

Os mandados de prisão temporária foram cumpridos na última sexta-feira (06), no bairro Vale dos Reis, em Cariacica.  De acordo com o titular da DHPP, delegado Eduardo Khaddour, os detidos moravam em duas quitinetes que pertenciam à vítima e estavam devendo aluguéis.

“Ele era proprietário de alguns imóveis e fazia as cobranças normalmente sobre os bens que eram dele. Os investigados não estavam tendo condições de pagar o valor que estavam devendo e, em razão disso, tramaram o homicídio. Como eles eram próximos da vítima, eles disseram que iriam mostrar um terreno para ele, mas esse local não existia. Os detidos levaram a vítima para um local deserto e efetuaram dois disparos de arma de fogo nela. Após o crime, eles continuaram agindo normal como se nada tivesse acontecido”, disse o delegado.

Khaddour afirmou também que durante o depoimento eles negaram o crime. “Os depoimentos deles estão repletos de contradições, o que reforça os indícios de autoria e materialidade que corroboraram com as informações do inquérito. Agora, nós temos 30 dias para concluir o inquérito e, em seguida, vamos pedir a prisão preventiva deles”, afirmou.

O delegado informou ainda que as investigações continuarão para identificar se há um terceiro envolvido no crime e localizar a arma utilizada no crime. “Caso a população possua informações que contribuam com o trabalho policial, que realize uma denúncia anônima, por meio do Disque-Denúncia 181”, concluiu.

Os detidos responderão pelos crimes de homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima. Eles foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanecem à disposição da Justiça.

 

 

Você pode Gostar de:

COVID19: dicas de alimentação no período do isolamento social

No período em que boa parte das pessoas está em isolamento social, com objetivo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *