Página Inicial / Geral / PC prende suspeito de estelionato que já fez vítimas em, pelo menos, cinco estados

PC prende suspeito de estelionato que já fez vítimas em, pelo menos, cinco estados

Quatro pessoas foram presas no último sábado (18), em uma operação da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), no bairro Itapoã, em Vila Velha. O grupo é suspeito de aplicar golpes, por meio das redes sociais, fazendo vítimas em diversos estados.

As investigações começaram há dois anos, depois que a DRCC recebeu informações de que uma família de Santa Catarina havia perdido cerca de R$ 5  mil , ao tentar comprar passagens aéreas para visitar parentes no Espírito Santo. O pagamento foi feito, mas as passagens nunca foram entregues.

Há cerca de duas semanas, outra investigação, aparentemente sem nenhuma relação com a primeira, chamou atenção do titular da DRCC, delegado Brenno Andrade: um morador do Espírito Santo anunciou um smartwatch por meio de um site de vendas, e o vendeu para um comprador que pagou R$ 3 mil, por meio de depósito bancário. No entanto, o depósito era falso, e o vendedor ficou no prejuízo.

“Descobrimos que os dois casos tinham o mesmo autor. Um capixaba, de 31 anos, com extensa ficha criminal. Ele responde por estelionato em pelo menos cinco estados e fez do crime seu meio de vida. Ele não se importa com o valor do golpe, qualquer transação que ofereça algum tipo de vantagem financeira é atraente”, explicou o delegado.

No último sábado, a equipe da DRCC localizou o investigado e outros três indivíduos em um apartamento de luxo, que fica em Itapoã e foi alugado para temporada. No local, os policiais encontraram dois veículos pertencentes a locadoras e que foram colocados à venda pelo suspeito. As investigações apontam que ele chegou a oferecer os carros para um comerciante, que não fechou negócio.

Os outros três detidos têm 30, 40 e 46 anos, sendo este último de nacionalidade portuguesa. Os quatro foram autuados, em flagrante, por crime contra a economia popular, apropriação indébita e associação criminosa, e encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV). Contra o suspeito de 31 anos ainda havia um mandado de prisão preventiva, por violência doméstica, que foi cumprido.

 

 

Você pode Gostar de:

Bolsonaro visita ponte recuperada com recursos federais

O presidente Jair Bolsonaro visitou ontem (7), em São Vicente (SP), a Ponte A Tribuna, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *