Página Inicial / Geral / PC/ES:Terceiro suspeito de homicídio em Venda Nova do Imigrante é preso em Minas Gerais

PC/ES:Terceiro suspeito de homicídio em Venda Nova do Imigrante é preso em Minas Gerais

Investigações da equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante chegaram até o terceiro suspeito de ser autor de um homicídio ocorrido em junho de 2019, no município. O homem de 43 anos foi preso, nessa terça-feira (28), no município de Capetinga, em Minas Gerais.

Segundo o responsável pelo caso, delegado Alberto Roque Peres, a prisão faz parte da operação “Terra de Ninguém”, realizada no dia 28 de fevereiro deste ano. “Ele e mais dois suspeitos, detidos durante a operação, são os autores de um homicídio ocorrido em junho do ano passado, aqui no município. A apuração do caso identificou os três executores do crime. Os pistoleiros foram contratados para uma vingança motivada pelo tráfico de drogas”, disse.

A equipe de investigações da DHPP localizou o foragido em Minas Gerais. “Depois disso fizemos contato com a Gerência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social. A Polícia Militar mineira foi informada e efetuou o cumprimento do mandado de prisão preventiva”, afirmou Roque Peres.

Durante as investigações, os policiais descobriram que os três integravam uma organização criminosa que atuava na venda de armas de fogo. “Os suspeitos atuavam no Espírito Santo, especificamente na região do Caparaó, e em municípios de Minas Gerais”, revelou.

O detido foi encaminhado a uma unidade prisional e será recambiado ao Espírito Santo, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Operação “Terra de Ninguém”

A equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante realizou a operação “Terra de Ninguém”, que resultou na prisão de um homem de 37 anos e outro de 40 anos suspeitos de integrarem uma organização criminosa que atua com crimes de mando e vendas de armas de fogo.

As prisões ocorreram no dia 28 de fevereiro deste ano em Ibatiba, no Estado, e no município de Lajinha, em Minas Gerais.

A ação contou com o apoio de policiais civis da Superintendência de Polícia Regional Serrana (SPRS) e da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).

 

 

Você pode Gostar de:

NO ES TAMBÉM: Ciclone pode causar tempestade e alagamento em vários pontos do país

Um ciclone com características subtropicais deve alterar as condições meteorológicas em vários pontos do país, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *