Página Inicial / Geral / PC de Marataízes prende suspeito de receptação veicular

PC de Marataízes prende suspeito de receptação veicular

A equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Marataízes prendeu um homem de 43 anos suspeito de revender veículos receptados no Rio de Janeiro em um site de compras on-line. A prisão ocorreu nas proximidades da DP, em um posto de gasolina do bairro Cidade Nova, na última segunda-feira (01). No momento da ação, outros dois suspeitos de 50 e 45 anos foram abordados.

“Após recebermos informações acerca de uma possível venda de carro adulterado, fomos até o local e autuamos em flagrante o suspeito, além de abordamos os outros dois homens que haviam acabado de devolver um veículo comprado com o detido”, informou o titular da DP de Marataízes, delegado Renato Perin.

Segundo o delegado, o homem de 45 anos havia comprado o veículo do detido e resolveu devolvê-lo após descobrir que tinha restrição. “Em interrogatório, o segundo abordado informou que também havia comprado um veículo do suspeito no final de 2019. Para averiguar a informação, a equipe foi à residência do homem e confirmou que o veículo também era fruto de roubo”, completou Perin.

Os homens foram ouvidos e liberados, por estarem fora do estado flagrancial, e os dois veículos foram apreendidos e levados para a delegacia. Já o suspeito de 43 anos responde por crime de receptação qualificada e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Marataízes, onde permanece à disposição da Justiça.

O delegado enfatiza que todas as informações fornecidas pela população ajudam no trabalho policial. A população pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo Disque-Denúncia 181, ou através do site disquedenuncia181.es.gov.br. “A denúncia é anônima e todas as informações serão apuradas”, garantiu.

 

 

 

Você pode Gostar de:

Sesport discute protocolos sanitários para retomada gradual das atividades esportivas

A Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) realizou, na última sexta-feira (10), uma reunião para discutir …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *