Página Inicial / Geral / Partido de Bolsonaro realiza primeiro encontro no Espírito Santo

Partido de Bolsonaro realiza primeiro encontro no Espírito Santo

Prestes a realizar seu primeiro encontro no Espírito Santo, o Aliança pelo Brasil, partido do Presidente Bolsonaro, se movimenta com o objetivo de ser, proporcionalmente, o Estado com maior número de apoiamentos entre todos no país. 

Com um grande número de voluntários, os capixabas têm se destacado no volume de fichas preenchidas, o que está deixando a organização do encontro otimista com relação ao sucesso do evento. “As últimas eleições presidenciais sinalizaram que parte considerável da sociedade deseja um movimento conservador no Brasil. E é nessa direção que nasce o Aliança pelo Brasil”, destaca Dárcio Bracarense, voluntário e único capixaba a assinar a ata de fundação na primeira convenção do partido, no fim de 2019, em Brasília. 

O primeiro encontro do Aliança pelo Brasil será realizado dia 29 de fevereiro, no Centro de Convenções de Vitória, a partir das 10h. De acordo com Idalecio Carone, convidado pela executiva nacional para ser o anfitrião do evento, o novo partido está próximo de cumprir sua meta inicial no Estado. “Estamos próximos de cumprir nossa missão, resultado direto do empenho de nossos voluntários, da vontade popular e da força do Presidente Bolsonaro no Estado. No dia 29 de fevereiro, as 10h da manhã, o capixaba está convidado a comparecer no Centro de Convenções de Vitória para fazer parte dessa verdadeira aliança pelo Brasil”. 

Recentemente, Bracarense e Carone foram a Brasília se reunir com a cúpula do partido e definir detalhes sobre o evento. Ainda em dezembro, Idalecio Carone foi convidado para ser o anfitrião e um dos organizadores do primeiro encontro do Aliança pelo Brasil no Espírito Santo. 

Como avalia o andamento para a criação do Aliança pelo Brasil? 

Dárcio Bracarense – A avaliação que faço é a melhor possível. Existem diversos partidos na fila, alguns há uma década, e nunca vi tamanha mobilização e respectiva celeridade; prova de que a população deseja, de fato, um partido conservador. 

Esse trabalho é voluntário? 

Idalecio Carone – Esse trabalho é totalmente voluntário. O partido ainda não existe, portanto não possui recursos. Ele vai ganhar vida através das mãos dos seus inúmeros voluntários, no qual pelo amor ao seu país estão nas ruas, na frente dos cartórios, envolvendo seus amigos, família, pagando pelo transporte, pelo próprio alimento, porque acreditam em uma política melhor, em uma pátria maior. É um trabalho que transborda esperança em qualquer brasileiro que testemunha isso. Eles nos orgulham muito, estão de parabéns. É um sistema em rede, aparentemente complexo, mas simples e bem adaptado ao período em que vivemos. 

Como está o Espírito Santo em relação aos demais Estados brasileiros? 

Idalecio Carone – Estamos focados em nosso trabalho aqui, na missão que nos foi dada. Desde jovem participo da vida política, mas não sou político de mandato, estou apenas colaborando, como faria em tudo aquilo em que acredito de corpo e alma. O Espírito Santo cumprirá a sua meta e, proporcionalmente, será destaque nacional porque o povo capixaba, na sua maioria, está alinhado com as ações do Governo Federal e porque o Brasil precisava de um partido conservador. E isso é o que será feito 

dia 29 de fevereiro, as 10h da manhã, no Centro de Convenções de Vitória, o início do Aliança pelo Brasil aqui no Espírito Santo. 

O novo partido já terá condições de disputar as eleições deste ano? 

Dárcio Bracarense – Não é impossível, mas depende de uma série de fatores e da celeridade da Justiça Eleitoral. Nosso objetivo é construir o partido com exatidão, balizado pelo seu estatuto e sem os vícios dos demais. O importante agora é erguer esse espaço e criar as condições necessárias para que antes ou depois das eleições o partido esteja pronto para desempenhar seu papel na política nacional. Assim nossa missão estará cumprida. 

Qual sua avaliação do cenário político partidário no Brasil? 

Idalecio Carone – O Brasil criou mais de trinta partidos políticos. Com a ascensão da Direita, a tendência é haver uma polarização entre três ideologias, representadas pela direita, esquerda e o centro. Penso que poucos partidos serão relevantes nessa representação, como em outros países. Assim, a política brasileira será mais transparente na sua essência ideológica, o que pode provocar alguns ajustes necessários na própria política. O Aliança é um partido que será protagonista nessa transformação. 

Lideranças nacionais estarão presentes nesse encontro? Existe possibilidade de presença do Presidente Bolsonaro? 

Dárcio Bracarense – O Espírito Santo é um Estado muito importante em diversos aspectos mas, para além de nossa importância, temos aqui alguns militantes e intelectuais que são intimamente ligados ao Aliança. Para o evento do dia 29, vários deputados da base de Bolsonaro já manifestaram interesse de participar. Teremos também a presença de Karina Kufa e de outros importantes quadros do Aliança. Ainda não temos a definição da participação do Presidente Bolsonaro, mas uma coisa podemos garantir: faremos o maior e mais significativo encontro do Aliança Pelo Brasil de todo o país. 

Aliança pelo Brasil 

E-mail (ES): voluntarioalianca@gmail.com 

Telefone (ES): (27) 99950-0564. 

Site: aliancapelobrasil.com.br 

Facebook: facebook.com/aliancapelobr 

Twitter: twitter.com/somosalianca 

Instagram: @aliancapelobrasil 

 

Você pode Gostar de:

CASAGRANDE: visita obras rodoviárias e de reconstrução de pontes em Vargem Alta e Castelo

O governador do Estado, Renato Casagrande, visitou, na sexta-feira (16), diversas obras nos municípios de Vargem Alta e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *