Página Inicial / Geral / Governo do Estado vai credenciar instituições privadas para oferta de consultas especializadas

Governo do Estado vai credenciar instituições privadas para oferta de consultas especializadas

O Governo do Estado iniciou, na última quarta-feira (30), o credenciamento de instituições privadas, com fins lucrativos e sem fins lucrativos, interessadas em participar de forma complementar do Sistema Único de Saúde no Espírito Santo, a fim de reduzir a demanda reprimida dos últimos anos em atendimento especializado.

Para esta etapa serão credenciadas as especialidades de Oftalmologia e Neurologia, que são as maiores demandas do Estado. O investimento do Governo será de R$ 2.634.090,00 para a oferta de mais de 87 mil consultas direcionadas às quatro regiões de saúde do Estado.

Segundo o subsecretário de Regulação e de Organização da Atenção à Saúde, Gleikson Barbosa, todos os atendimentos serão regionais. “O objetivo do Estado, além de zerar a demanda reprimida herdada, é descentralizar os serviços especializados. Os editais foram publicados nas regiões justamente para garantir que as consultas sejam ofertadas regionalmente, para um atendimento mais próximo do usuário”.

Esse é um processo que vai ao encontro das propostas trazidas pelos projetos estruturantes da Secretaria de Saúde, que visa descentralizar os serviços especializados da região metropolitana e buscar as demandas específicas de cada região.

“Desde o início do ano estamos realizando um trabalho de levantamento das principais demandas de cada região e, futuramente, outros editais serão publicados para atender a essas necessidades. Em paralelo também já iniciamos na prática o Programa de Qualificação da Atenção Primária, porque não basta zerar a fila se não organizarmos e reestruturamos a porta de entrada do sistema, que acontece nas Unidades de Saúde dos municípios. Por isso, estão chegando mais de 500 novos profissionais no Estado, para o início dessa mudança que o Governo está propondo para o SUS Capixaba”, informou o superintendente regional de saúde de Cachoeiro de Itapemirim, José Maria Justo.

 

Você pode Gostar de:

INSS cria programa para identificar benefícios irregulares

Começa a funcionar a partir de hoje um programa vinculado ao Instituto Nacional de Seguro Social …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *