Página Inicial / Cultura / Governador Renato Casagrande participa de comemorações a Augusto Ruschi no Museu Mello Leitão, em Santa Teresa

Governador Renato Casagrande participa de comemorações a Augusto Ruschi no Museu Mello Leitão, em Santa Teresa

Se estivesse vivo, o patrono da Ecologia, Augusto Ruschi, completaria 104 anos no dia 12 de dezembro. Em homenagem ao aniversário de nascimento de Ruschi, o Museu de Biologia Professor Mello Leitão, em Santa Teresa, realizou uma semana de atividades especiais. Na manhã desta quarta-feira, o governador Renato Casagrande participou das atividades de encerramento da semana de homenagens.

Em sua fala, Casagrande recordou os momentos com o pesquisador, quando trabalhou na Prefeitura de Castelo nas áreas de desenvolvimento rural e preservação ambiental ainda na década de 1980. “Peguei um Fusca em Castelo, busquei ele aqui, levei para Castelo e o trouxe de volta, então tive a oportunidade de conversar muito com ele. Sempre me recordo desse tempo porque Augusto Ruschi sempre foi uma grande referência, principalmente para mim como engenheiro florestal”, contou.

O governador lembrou a importância da parceria com o Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA), responsável pela manutenção do Museu em conjunto com a Prefeitura de Santa Teresa.

“O Espírito Santo era o único Estado do Brasil sem um órgão do Governo Federal na área de ciência e tecnologia, mesmo sendo tão rico. A base que tínhamos aqui no Museu não tinha a sintonia necessária para avançarmos. Foi uma luta que ajudou a consolidar o Instituto, que é federal, mas também é nosso. Então precisamos dar todo apoio. Não podemos resolver as questões que são de competência federal, mas podemos amenizar as dificuldades e dar passos dentro de nossas possibilidades. Temos um Estado organizando e temos a condição de desfrutar do que os cientistas e pesquisadores produzem no sentido do avanço da preservação e desenvolvimento pensando na proteção florestal, dos recursos hídricos e do meio ambiente”, afirmou Casagrande.

A visita foi acompanhada pelos secretários de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel, e Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, além do diretor-presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), Alaimar Fiuza, e do prefeito de Santa Teresa, Gilson Amaro.

Os visitantes do espaço participaram de atividades lúdicas, da exibição do documentário “Guainumbi” (1979), do cineasta Orlando Bomfim Netto, com imagens raras de Ruschi, além da exposição de uma obra do artista plástico Rodrigo Brito, em referência à famosa foto de Ruschi beijando o colibri na Praça Primo Sancio, na Rua do Lazer.

O diretor do Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA), Sérgio Lucena Mendes, falou sobre as celebrações e parcerias entre o órgão administrador e o Estado. “É um momento extremamente importante. Encerramos um ano inteiro de comemorações. Somos um instituto nacional, mas é uma estratégia muito interessante ter o Estado como parceiro. Esse apoio e parceria são muito importantes para o Instituto. Temos projetos de livro, catalogação de espécies ameaçadas e uma base de dados compartilhada sobre a Mata Atlântica do Espírito Santo”, pontuou.

Patrono da Ecologia

Cientista, advogado, professor e defensor das florestas, Augusto Ruschi é o Patrono da Ecologia do Brasil. Nascido em Santa Teresa em 1915, o capixaba é reconhecido por suas pesquisas relacionadas às diversas espécies da fauna e flora da Mata atlântica, especialmente beija-flores e orquídeas.

Em 1949, fundou o Museu de Biologia Professor Mello Leitão – uma homenagem a seu mestre e amigo, o zoólogo Cândido Firmino de Mello Leitão –, inaugurando, assim, o primeiro espaço institucional do Estado dedicado aos estudos biológicos.

Museu

Localizado a 80 quilômetros da Capital do Estado, Vitória, o Museu de Biologia Professor Mello Leitão é administrado pelo Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA), unidade de pesquisa subordinada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com a prefeitura da cidade de Santa Teresa.

Ao incorporar o Museu Mello Leitão, o INMA se dedica à produção e difusão de pesquisas relativas à Mata Atlântica, sua biodiversidade, história e conservação, sem descuidar de atividades voltadas à educação ambiental, bem como à memória de seu Patrono.

Rua do Lazer

Durante a agenda no município serrano, o governador Casagrande, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, acompanhou o resultado das obras de aterramento da rede de distribuição de energia elétrica na Rua do Lazer. Toda a fiação que ficava nos postes foi enterrada, em tubulações que passam por debaixo da via, liberando a visão dos cerca de 70 imóveis do local, muitos deles charmosos casarios da época da imigração italiana.

“Aterramos os fios e a prefeitura está fazendo a urbanização. Já é uma rua bem movimentada, agora vamos melhorar ainda mais”, comemorou Casagrande.

A obra é resultado de um termo de cooperação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), com a Prefeitura. O investimento total é de 1.745.081,07. Além do enterramento dos fios aéreos, a via, que tem uma extensão de 500 metros, vai receber nova iluminação, paisagismo e calçadas acessíveis. Essas obras de reurbanização estão sendo realizadas pelo Município.

“O aterramento da fiação valoriza o patrimônio histórico e cultural que temos aqui em Santa Teresa, fomentando o turismo neste importante município”, destacou o secretário Marcus Vicente. A ação também garante a melhoria na qualidade dos serviços, já que evita interrupções no fornecimento causadas por fatores externos, como chuvas, ventos fortes ou quedas de árvores. Outro ganho é o aumento da segurança ao evitar acidentes com a rede elétrica.

Demais obras

Além da transformação de rede de distribuição de energia elétrica aérea para subterrânea na Rua do Lazer, a Sedurb tem ainda três convênios em execução no Município, totalizando R$ 3.196.450,70 em investimentos na infraestrutura de Santa Teresa. As obras são a contenção de talude no bairro Vila Nova, no valor de R$ 521.689,07; a contenção com cortina de solo grampeado no bairro São Lourenço, no valor de R$ 881.586,64; e a construção de uma praça com playground e ponto de ônibus também no bairro São Lourenço, no valor de R$ 48.093,92.
Foto: Hélio Filho/Secom

 

 

 

Você pode Gostar de:

Militares da 10ª Companhia Independente apreendem armas em operação na zona rural de Alfredo Chaves

Em uma operação integrada, militares da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar e a equipe …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *