Página Inicial / Geral / Governador Renato Casagrande participa da Semana Internacional do Café, em Minas Gerais

Governador Renato Casagrande participa da Semana Internacional do Café, em Minas Gerais

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, nesta sexta-feira (22), da Semana Internacional do Café (SIC), que está sendo realizada em Belo Horizonte (MG). Ao lado de representantes da comitiva capixaba que participa do evento, o governador circulou pela feira e fez uma visita ao estande do Espírito Santo. Com 160 metros quadrados, o espaço mostra características da cafeicultura capixaba – do campo à xícara. Foram apresentados cafés de três Indicações Geográficas (IG): Conilon Capixaba, Cafés das Montanhas e Caparaó. Dez amostras de cafés capixabas estão entre as finalistas no concurso de qualidade.

“Mais de 300 capixabas participam da SIC aqui em Minas Gerais. Entre os 25 finalistas nas categorias arábica, quatro são capixabas. Entre os dez selecionados na categoria conilon, seis são do Espírito Santo. Um sucesso! Esse resultado é fruto do trabalho entre o Governo e as entidades que estão presentes aqui apoiando os produtores. O Estado está investindo muito na qualidade do café e é bom ver como esse trabalho integrado tem dado resultado, ajudando a agregar renda, dar valor à produção, personalizando a nossa agricultura. Isso faz com que possamos desenvolver nosso Estado através do interior”, ponderou Casagrande.

Diversas instituições se uniram para compor a comitiva capixaba presente no evento, entre elas, a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Sistema OCB/ES, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Espírito Santo (Faes).

Para o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto, a cafeicultura tem suas raízes na própria história do Espírito Santo. “Existem hoje estados no Brasil, como a Bahia e Rondônia, que os grandes promotores do desenvolvimento no setor são capixabas. As nossas instituições parceiras de pesquisa e extensão ligadas à Seag, principalmente o Incaper, atuam na modernização e na implantação de novas tecnologias e inovação em todas essas áreas. Atualmente 400 mil pessoas estão ligadas diretamente à cafeicultura em todos os ciclos, desde o menor produtor da agricultura familiar ao maior exportador. É um valor expressivo de dinheiro que mantém e movimenta a economia no Estado”, afirmou.

Foletto lembrou ainda que o Espírito Santo tem a maior produção de café conilon no País e um percentual importante na produção mundial. “Mesmo em uma pequena extensão territorial”, ponderou o secretário, que classificou o estande capixaba como uma “parada obrigatória para quem quer café de qualidade e oportunidade de grandes negócios” durante a feira.

Outro ponto de destaque da participação capixaba no evento é o Coffee of the Year (COY). Em 2018, entre as 400 amostras nas categorias Coffea arabica ou Coffea canephora (conilon/robusta) levadas por agricultores de várias regiões do Brasil, os 1°, 2º, 3º e 5º lugares em conilon e o 1º e 2º lugares no arábica foram do Espírito Santo. Neste ano, a premiação acontece no encerramento do evento na noite desta sexta-feira.

“É um orgulho para toda equipe do Incaper ver o patamar que a cafeicultura capixaba atingiu. Isso é fruto do esforço coletivo que inclui parceiros, produtores e toda cadeia produtiva da cafeicultura do Estado. O Espírito Santo já recebeu o maior prêmio que é o reconhecimento da nossa cafeicultura no Brasil e no mundo”, afirmou o diretor-presidente do Instituto, Antonio Carlos Machado.

Foto: Giovani Pagotto/Governo ES

 

Você pode Gostar de:

Senado aprova projeto que reestrutura Previdência dos militares

O plenário do Senado aprovou na quarta-feira (4) o Projeto de Lei 1.645/2019, que reestrutura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *