Página Inicial / Geral / Governador participa da solenidade de posse da nova procuradora-geral de Justiça

Governador participa da solenidade de posse da nova procuradora-geral de Justiça

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, na manhã desta segunda-feira (4), da solenidade de posse da promotora de Justiça, Luciana Gomes Ferreira de Andrade, no cargo de procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), para atuação no biênio 2020/2022. Luciana Andrade se tornou a terceira mulher a ocupar o cargo e assume no lugar do procurador de Justiça, Eder Pontes. A solenidade teve a presença da vice-governadora Jaqueline Moraes e outras autoridades.

 

Em seu discurso, o governador parabenizou a nova procuradora-geral de Justiça e elogiou o trabalho realizado pelo antecessor: “Gostaria de parabenizá-la pelo ato, pela posse e pelo discurso. Tenho convicção que será uma extraordinária procuradora-geral de Justiça. Não tenho dúvidas que fará um trabalho com muitos resultados. Em seu discurso já demonstrou que o Ministério Público será forte. Também parabenizo o doutor Eder Pontes pelo trabalho de referência realizado à frente do MPES. Sempre equilibrado e eficiente. Soube conduzir e fortaleceu essa importante instituição”, disse.

 

Casagrande também falou sobre o momento vivido no mundo e ressaltou a importância do respeito entre os poderes. “As instituições não podem diminuir seus poderes e também necessitam saber os seus limites. Estamos vivendo um momento, no mundo, complicado por conta da pandemia do novo Coronavírus. No Brasil, estamos em um momento em que precisamos defender as instituições. Sabemos de suas liberdades individuais e coletivas em uma democracia”, afirmou.

 

O governador prosseguiu: “Vivemos uma situação anormal no Brasil. Passamos a ter a politização em tudo, inclusive da pandemia. Politizar uma situação que tira a vida das pessoas atrapalha o trabalho de quem luta para seguir as orientações dos órgãos de saúde. Não ter uma liderança nacional faz com que a gente tenha que viver em um debate e um embate constante”, criticou.

 

Em decorrência do coronavírus, a solenidade de posse teve que ser restrita, com transmissão virtual e a presença de poucas autoridades no local do evento, todas mantendo o distanciamento social e a utilização de máscaras. “Um ato muito diferente do que imaginávamos para a doutora Luciana. Estamos em uma pandemia que está tirando a vida de muita gente. Temos que ter uma nova etiqueta, não ter aglomeração, manter o distanciamento, utilizar máscaras. Mesmo com as dificuldades, vamos vencer e isso vai passar”, apontou o governador.

 

Estiveram presentes a vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes; o presidente e o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso e Marcelo Santos; além do defensor público geral do Estado, Gilmar Batista.

 

Currículo

Luciana Gomes Ferreira de Andrade, brasileira, natural de Taubaté-SP, nascida em 09 de dezembro de 1975 (44 anos), casada e mãe de dois filhos. Possui Graduação em Direito, pela Universidade de Taubaté-SP. Especialista em Direito Ambiental e Urbanístico pela Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul, MBA do Programa de Pós-Graduação da Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças (Fucape), em Gestão do Desenvolvimento Sustentável nas Organizações e Mestra em Segurança Pública pela Universidade Vila Velha, cujo trabalho de conclusão versa sobre o sistema prisional feminino capixaba e a ótica da equidade de gênero.

 

Iniciou a carreira no Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) em março de 2003, como promotora de Justiça Substituta na Promotoria de Justiça de Vila Velha. Atuou em várias comarcas do Interior do Estado, como Barra de São Francisco, Linhares, Aracruz, Montanha, Mucurici, Rio Bananal, Cachoeiro de Itapemirim, Piúma, Vitória, Serra e Viana.

 

Em 2011, foi promovida, por merecimento, para atuar na entrância especial. Atualmente é titular na matéria de Execução Penal na Promotoria de Justiça Criminal de Viana. Trabalhou nas diversas áreas de atuação do parquet, com as matérias Criminal, Cível e Infância e Juventude, com destaque na área das execuções penais.

Foto: Hélio Filho/Secom

 

Você pode Gostar de:

DRCCP: Investigado por clonagem de cartões de crédito é preso em flagrante

A equipe da Divisão Especializada em Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), em conjunto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *