Página Inicial / Geral / Governador Casagrande participou hoje (29) do sexto encontro do Cosud, no Paraná

Governador Casagrande participou hoje (29) do sexto encontro do Cosud, no Paraná

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, neste sábado (29), do sexto encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), que reúne os chefes dos Executivos dos sete estados das duas regiões. O encontro aconteceu em Foz do Iguaçu, no Paraná. Durante sua participação, Casagrande reforçou a importância do Cosud para o fortalecimento dos Estados.

 

“Essa integração cumpre dois objetivos: debater temas e construir propostas viáveis. Hoje debatemos bioeconomia e segurança pública. Outro objetivo é estabelecer uma relação solidária para que possamos nos proteger, para que possamos ter força para dialogar com o Governo Federal e para que possamos colaborar com outros governadores, como agora no caso do Ceará”, apontou.

 

Durante a entrevista coletiva, o governador capixaba falou sobre os resultados já alcançados pelo Cosud. “Temos resultados na parceria na gestão de obras públicas, no sistema prisional, na segurança pública e no meio ambiente. São diversas parcerias entre os Estados que estão sendo consolidadas”, acrescentou.

 

Casagrande aproveitou a ocasião para fazer uma crítica às fakes news e pediu respeito às instituições.

 

“Estamos em um momento de intolerância, de muitas fake news, narrativas falsas e insubordinação. É importante o diálogo para o fortalecimento da nossa democracia. Respeitar cada Poder é fundamental. Minha solidariedade ao governador do Ceará, Camilo Santana, que enfrenta uma insubordinação. Temos um caminho a seguir, que é caminho do respeito e do diálogo para que possamos seguir um caminho melhor”, frisou.

 

O Cosud de Foz do Iguaçu debateu os temas da sustentabilidade e segurança pública. O primeiro palestrante foi o economista Eduardo Moreira, seguido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

 

Sobre os assuntos discutidos no encontro, Casagrande defendeu investimentos em saneamento básico, tratamento de água e energia renovável. Segundo ele, as políticas públicas precisam chegar às pessoas. O capixaba ainda falou ainda sobre a importância da economia sustentável. “Precisamos dialogar sobre sustentabilidade e de como criar um ambiente de solidariedade para enfrentar as dificuldades. É um tema fundamental e que interessa a todos os cidadãos do mundo, empresas e governos. Estamos vivendo um momento que exige de todos nós um trabalho para que possamos dar nossa contribuição”, disse.

 

O surto do novo coronavírus no mundo e a suspeita da existência de casos no País também foi alvo de discussão pelos governadores das regiões Sul e Sudeste. O governador capixaba afirmou que não é necessário alarde. “Estamos trabalhando em conjunto, nossos secretários da Saúde junto com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Estamos adotando medidas de prevenção e pedindo ao Governo Federal que nos ajude com a estruturação de uma rede de UTI para quem estiver com o coronavírus, pois necessita de isolamento”, observou.

 

Também participaram do encontro, os governadores de São Paulo, João Dória; do Rio de Janeiro, Carlos Castro (em exercício); de Minas Gerais, Romeu Zema; do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; de Santa Catarina, Carlos Moisés; além do anfitrião, Ratinho Júnior. Ao final da reunião, os governadores redigiram a Carta de Foz do Iguaçu. A próxima reunião deverá acontecer no Rio de Janeiro no mês de maio.

 

CARTA DE FOZ DO IGUAÇU

 

A responsabilidade dos governos estaduais com o desenvolvimento econômico inclusivo e sustentável, aliada à união e integração inéditas dos governadores da região Sul e Sudeste para buscar soluções conjuntas pelos estados que juntos representam 71% do PIB nacional foi o tema central do sexto encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (COSUD), realizado em Foz do Iguaçu, PR nos dias 28 e 29 de fevereiro de 2020.

 

Questões urgentes como reformas estruturantes, proteção das fronteiras, atração de investimentos, desenvolvimento da infraestrutura regional, eficiência na gestão dos recursos públicos e, acima de tudo, o fortalecimento do Estado de direito democrático e das relações entre os entes federados foram temas tratados pelos grupos técnicos.

 

Considerando os recentes desastres ambientais e as alterações climáticas observadas no Brasil e no mundo, bem como o papel de protagonismo das regiões Sul e Sudeste, como referências nacional e internacional de preservação ambiental e agricultura sustentável, os governadores do COSUD reforçam o seu compromisso com o Acordo de Paris e se comprometem em criar ações conjuntas entre os membros desse consórcio, para fomentar internamente, em seus Estados, o desenvolvimento de pesquisa científica e de novas tecnologias capazes de gerar desenvolvimento econômico aliado à sustentabilidade ambiental, bem como de novas técnicas de produção que eliminem a necessidade da utilização de recursos fósseis no longo prazo.

 

Estando com a visão mais próxima dos acontecimentos, os Estados podem avaliar melhor as atividades econômicas nocivas ao meio ambiente. Serão, assim, ao mesmo tempo, potentes indutores da bioeconomia e da atividade econômica sustentável. Sendo assim, buscamos junto ao governo federal maior autonomia e agilidade para licenciamento de portos, gestão ambiental, processos de concessão e renovação de hidrelétricas e licenciamento dos Parques Nacionais.

 

O COSUD reforça também a relevância da integração nacional e regional trazendo um exemplo concreto de integração inédita buscando iniciativas conjuntas e posicionamentos consensuais para questões urgentes. Juntos estamos lançando (i) força-tarefa para compras compartilhadas regionais; (ii) ação integrada para atração internacional de investimentos para projetos de concessões e desestatização incluindo missões conjuntas internacionais para atração de investimentos; e (iii) esforço coordenado de segurança e combate ao contrabando nas fronteiras.

Foto: Adriano Zucolotto/Governo-ES

Você pode Gostar de:

PM E PF apreendem droga enviada via correios

Uma ação conjunta entre a Polícia Militar do Espírito Santo e a Polícia Federal, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *