Página Inicial / Geral / Estado receberá 15 pacientes de Rondônia para tratamento da Covid-19

Estado receberá 15 pacientes de Rondônia para tratamento da Covid-19

O Estado do Espírito Santo receberá, neste domingo (07), os primeiros pacientes de um total de 15 que serão transferidos do Estado de Rondônia para dar continuidade ao tratamento contra o novo Coronavírus (Covid-19) em solo capixaba. O acolhimento a esses pacientes acontece em função da atual situação de grave crise sanitária naquele estado, com registros de falta de leitos de UTI.

Após a chegada ao Aeroporto de Vitória, os pacientes serão encaminhados de ambulâncias para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. As transferências serão feitas por meio do serviço de UTI Aérea, contratado pelo Governo do Estado de Rondônia.  O processo de regulação acontece em parceria entre as Secretarias de Saúde dos estados.

“O Sistema Único de Saúde se organiza e se mobiliza para responder a esta grave crise sanitária que vivenciamos. Temos plenas condições de receber estes pacientes sem comprometer a garantia do acesso dos capixabas aos leitos Covid. Há 14 dias registramos no Estado uma queda da ocupação hospitalar. Estamos há uma semana com menos de 500 pacientes/dia internados”, informou o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

Internação no Hospital Jayme

O Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, referência no tratamento de pacientes da doença no Espírito Santo, está preparado para receber os pacientes assim que chegarem na unidade. Todos ficarão em leitos de UTI, passarão por avaliação médica e ficarão em setor separado, inclusive dos pacientes de Manaus. O Serviço de Assistência Social estará em constante monitoramento de evolução do quadro clínico com apresentação de boletins diários que serão por telefone e webconferência.

 

Você pode Gostar de:

PF combate fraude em fundo municipal previdenciário

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (25/2) a Operação Lux, com o objetivo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *