Página Inicial / Geral / Denarc prende suspeitos de tráfico de drogas e arma

Denarc prende suspeitos de tráfico de drogas e arma

A equipe do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc) prendeu, nesta segunda-feira (15), dois homens suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Planalto Serrano, bloco C, no município da Serra. Os indivíduos, de 18 e 22 anos, estavam com uma arma de fabricação artesanal calibre 12, drogas e um rádio comunicador.

 

“O Denarc tem conduzido investigações a respeito da realização de festas clandestinas, os Mandelas, promovidos por traficantes para fomentar a venda e o consumo de drogas. Nesta segunda-feira, fomos até Planalto Serrano para averiguar denúncias, e nos deparamos com os indivíduos em atitude suspeita”, disse o titular do Denarc, delegado Tarcísio Otoni.

 

Os suspeitos foram encontrados próximos a uma boca de fumo conhecida como “Final Feliz”. Ao verem os policiais, eles tentaram fugir, deixando o material apreendido para trás, mas foram logo alcançados. A arma, de calibre 12, estava carregada. Em uma sacola havia crack, maconha e cocaína.

 

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo e encaminhados ao Centro de Triagem de Viana. As investigações continuam, a fim de apurar a origem das drogas que são vendidas no bairro Planalto Serrano e a realização de eventos clandestinos.

 

Em abril, um baile clandestino que seria realizado no bairro da Penha, em Vitória, foi cancelado depois que o Denarc, em investigação conjunta com a Gerência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) descobriu quem era o organizador do evento. Ele foi intimado a comparecer à sede do Departamento e orientado a não realizar a festa, sob pena de detenção de multa.

 

“No momento em que vivemos, a realização deste tipo de evento é um risco duplo à saúde pública: primeiro, porque ocorre um intenso consumo de drogas. Segundo, porque promove aglomeração de pessoas, aumentando o risco de disseminação do novo Coronavírus”, afirmou o delegado, destacando que a população pode contribuir com informações de forma anônima, através do Disque-Denúncia 181, ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br.

Você pode Gostar de:

PF apura crimes contra o sistema previdenciário nacional

Parnaíba/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (21/9) a Operação URBSLUZIA, com objetivo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *