Página Inicial / Fiscalização / Denarc prende suspeitos de distribuição de drogas em Guarapari

Denarc prende suspeitos de distribuição de drogas em Guarapari

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos ll (Denarc ll) prenderam em flagrante, na terça-feira (28), dois homens investigados por fornecer entorpecentes e insumos para refino de droga, em Vila Velha. Os suspeitos de 29 e 35 anos utilizavam um imóvel como depósito no município de Marataízes. Eles foram presos em um posto, na Rodovia do Sol, em Guarapari.

As prisões foram apresentadas em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (29). Na ocasião, o delegado geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, destacou a importância da operação. “É uma operação importante do Denarc, que se iniciou em Vila Velha, investigando traficantes da Grande Vitória que tinham um depósito na cidade de Marataízes, que é uma cidade praiana e não desperta muita atenção”, disse Arruda.

O titular da Denarc II, delegado Alexandre Falcão, explicou que a investigação começou há cerca de três semanas, quando um dos detidos foi identificado como distribuidor de entorpecentes na região da Grande Terra Vermelha, em Vila Velha. “Percebemos que ele se deslocava com bastante frequência para a cidade de Marataízes. Na data de ontem [terça-feira] a equipe de investigação acompanhou e monitorou o investigado, conseguindo fazer a abordagem na altura do pedágio da Rodosol”, explicou.

O investigado e outro homem estavam no carro. Na abordagem, os policiais localizaram uma porção de maconha, uma pistola Turca e dois quilos de cocaína no interior do veículo. Durante as investigações, os policiais já tinham identificado que o depósito de entorpecentes ficava em Marataízes. A equipe prosseguiu até o local, juntamente com os dois detidos, onde foram apreendidos mais maconha, um revólver e uma grande quantidade de medicamentos, utilizados para misturar à cocaína.

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico, posse ilegal de arma de fogo, e adulteração de produto para fins terapêuticos. Eles foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV), e permanecem à disposição da Justiça. As investigações prosseguem, para identificar a origem dos medicamentos apreendidos e outros envolvidos na organização criminosa.

 

Você pode Gostar de:

CONFIRA O MÊS: Caixa paga hoje (23) beneficiários do auxílio emergencial

A Caixa realiza hoje (23) o pagamento de R$ 2,6 bilhões do auxílio emergencial para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *