Página Inicial / Geral / CANCER DE PÊNIS: Saúde destinará R$ 20 milhões com prevenção ,conheça

CANCER DE PÊNIS: Saúde destinará R$ 20 milhões com prevenção ,conheça

O Ministério da Saúde lançou no dia  (11) um projeto piloto para o desenvolvimento de ações de cuidado integral à saúde do homem e prevenção do câncer de pênis no âmbito da Atenção Primária à Saúde. O projeto faz parte da campanha Novembro Azul, de prevenção ao câncer de próstata e em prol da saúde masculina.

Durante a cerimônia, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, assinou portaria que destina R$ 20 milhões ao projeto. Os recursos serão aplicados na qualificação das práticas de cuidado à saúde masculina em estados com taxa de mortalidade de câncer de pênis acima de 0,60 por 100 mil homens no período de 2014 a 2018. Os estados são: Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Sergipe. Também receberão o incentivo 370 municípios com população de até 100 mil habitantes com média de registro de, ao menos, um diagnóstico de câncer de pênis. 

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que ocorram 1.130 novos casos de câncer de pênis neste ano, os mais graves envolvem, inclusive, a amputação do membro masculino. Para o câncer de próstata, os dados apontam para 65.840 novos casos a cada ano, entre 2020 e 2022, e para o câncer de boca, 11.180 novos casos ao ano, no mesmo período.

O secretário da Atenção Primária à Saúde, Rafael Câmara, destacou que, apesar de menos prevalente, o câncer de próstata não deve ser esquecido, já que pode ser prevenido e ter diagnóstico precoce. “Muito se fala em câncer de próstata, e este é um foco grande do nosso ministério, mas o câncer de pênis também é um problema que durante muito tempo ficou deixado de lado. O foco da campanha dest ano também dá importância muito grande a isso”, disse.

O projeto também prevê ações educativas de higiene genital, de prevenção à infecções pelo papilomavírus humano (HPV), que são fatores de risco para o câncer de pênis, e de identificação precoce da doença. “O maior fator de risco é a falta de higiene, então é uma política que vai se manifestar daqui a alguns anos”, ressaltou Câmara.

Você pode Gostar de:

BOXE: pandemia adia sonho do Capixaba Esquiva de lutar pelo cinturão para 2021

A pandemia do novo coronavírus (covid-19) frustrou a expectativa de Esquiva Falcão de disputar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *