Página Inicial / Geral / Câmara de Guarapari concede abono aos servidores pela primeira vez na história

Câmara de Guarapari concede abono aos servidores pela primeira vez na história

Apesar de ter perdido R$ 400 mil de sua receita, a Câmara Municipal de Guarapari vai conceder abono salarial no valor de R$ 700,00 a seus servidores neste final de ano. A Casa de Leis do município tem 340 anos e esta é a primeira vez que o benefício é concedido. 

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PRB), em uma reunião, realizada nesta quinta-feira (12), com os servidores. Na ocasião, Enis explicou que decidiu conceder o abono em agradecimento pelo empenho dos servidores para manter a qualidade do serviço e transparência, que garante ao cidadão o direito a informação, estabelecido pela Lei Federal Nº 12.527, mais conhecida como Lei de Acesso a Informação. 

“Nossos servidores trabalharam incansavelmente ao longo do ano para garantir a transparência aos atos da Câmara para que a população tivesse acesso a informação. E para isso inovaram criando o aplicativo Câmara na Palma da Mão, o Diário Oficial Legislativo Municipal, a reformulação do site oficial e do Portal da Transparência, o Informe Legislativo e muitas outras ações. Então, nada mais justo do que conceder essa gratificação para ajudar nas comemorações de fim de ano dos nossos servidores com suas famílias. Nossa intenção é que os servidores recebam o abono, o 13º salário e o pagamento do mês até o dia 20, por isso, iremos realizar uma sessão extraordinária nesta sexta-feira (13) para votar o abono dos servidores da prefeitura e da Câmara. Depois é só o prefeito sancionar para podermos depositar essa gratificação tão merecida aos servidores e que nos deixou muito felizes”, disse Enis.

Ainda de acordo com o presidente, os servidores também vão receber um reajuste de 3%.  “Nós  tivemos um entendimento com o Tribunal de Contas e conseguimos conceder um reajuste de 3% para os servidores. Este valor será pago retroativo ao mês de abril de 2019”, explicou o presidente.

 

Você pode Gostar de:

Estudo contesta uso de maconha no tratamento da dependência de cocaína

O uso recreativo de maconha como estratégia de redução de danos para dependentes de crack …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *