Página Inicial / Esporte / 16/08:Hamilton vence com sobra GP da Espanha e quebra mais um recorde na F1

16/08:Hamilton vence com sobra GP da Espanha e quebra mais um recorde na F1

Só não dá para dizer que Lewis Hamilton “passeou” pelo circuito de Barcelona porque, na verdade, ele pisou fundo no acelerador durante as 66 voltas do Grande Prêmio da Espanha. Além de vencer com facilidade a prova deste domingo (16), sexta etapa do Circuito Mundial de Fórmula 1, o inglês pôs uma volta de vantagem sobre quase todos os 19 pilotos que completaram a corrida. Só escapou a dupla que completou o pódio: o holandês Max Verstappen, da Red Bull, e o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton na Mercedes.

 

Na disputa particular que trava com Michael Schumacher, por recordes da categoria, Hamilton passou a frente no total de pódios (156, contra 155) e ficou mais perto de igualar o número de vitórias. Foi o 88º triunfo do inglês, que está a três do alemão, piloto que mais corridas ganhou na Fórmula 1.

 

 

A principal das marcas do heptacampeão mundial Schummi, porém, só poderá ser alcançada ao fim da temporada. Dono de seis títulos, Hamilton tenta ganhar a sétima temporada da carreira. O britânico soma 132 pontos, 37 a frente de Verstappen, que aparece em segundo. Já no campeonato de construtores, a Mercedes foi a 221 pontos, com 86 de vantagem para a Red Bull. Veja AQUI a classificação completa da edição 2020.

 

A corrida em si teve poucas emoções. As principais disputas por posição foram entre os corredores da Racing Point, Lance Stroll e Sergio Pérez. O mexicano cruzou a linha de chegada à frente do companheiro, mas, foi punido por ignorar a bandeira azul (que exige que pilotos retardatários abram passagem). No fim, o quarto lugar ficou com o canadense, com Pérez em quinto.

 

A zona de pontuação da corrida em Barcelona foi completada pelo espanhol Carlos Sainz (McLaren), pelo alemão Sebastian Vettel (Ferrari), pelo tailandês Alexander Albon (Red Bull), pelo francês Pierre Gasly (AlphaTauri) e pelo inglês Lando Norris (McLaren). Somente o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) não concluiu a prova.

 

A Fórmula 1 volta em duas semanas, com o Grande Prêmio da Bélgica, no circuito de Spa-Francorchamps. O treino oficial será no próximo dia 29 de agosto, um sábado, com a corrida no dia 30, um domingo.

 

Vitória brasileira

Sem representantes na principal categoria do automobilismo mundial, o Brasil teve um domingo vitorioso na Fórmula 2, campeonato que é porta de entrada de muitos pilotos à F1. O paranaense Felipe Drugovich venceu a 12ª etapa do Mundial, também em Barcelona. Foi a segunda vitória dele na atual temporada.

 

No sábado (15), Drugovich terminou a primeira das duas etapas em solo espanhol em sétimo, após a equipe dele, a MP Motorsport, demorar para chamá-lo aos boxes. A volta por cima veio neste domingo, com a vitória de ponta a ponta. O brasileiro assumiu a liderança logo após a largada, deixando o italiano Luca Ghiotto para trás, e não a perdeu mais.

Fonte: Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São PauloFoto: © Reuters/BRYN LENNON/Direitos reservados

Você pode Gostar de:

CRIME ORGANIZADO: PF combate tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

Natal/RN – A Polícia Federal deflagrou ontem quinta-feira, 19/11, a Operação Carga Viva, com o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *